Concurso da Caixa Econômica Federal

O concurso da Caixa Econômica Federal conta sempre com vários candidatos para poucas vagas. Isso porque o concurso é uma grande oportunidade de ingresso no banco com possibilidades de crescimento ou até mesmo de ingresso em outros bancos posteriormente.

Mesmo tendo muita procura nem todas as pessoas conhecem bem o concurso e os cargos oferecidos pelo órgão. Foi então que nós, pensando nessas pessoas, decidimos compilar as informações importantes em um só artigo para sanar todas as suas dúvidas a respeito do concurso da Caixa Econômica Federal.

Então se você está interessado ou se conhece alguém que quer seguir carreira nessa área fique por aí e acompanhe todas as informações já a seguir!

Cargos

A Caixa Econômica Federal oferece, através do concurso público, vários cargos de nível superior e um cargo de nível médio. Os cargos que exigem do candidato o ensino superior variam de acordo com a formação de cada um. Já o cargo que depende apenas do ensino médio completo é o de Técnico Bancário.

Vale lembrar que todos os cargos exigem os requisitos mínimos dos candidatos como ter nacionalidade brasileira, ter idade igual ou superior aos 18 anos, estar quite com as obrigações eleitorais e ainda estar em dias com as obrigações militares, no caso dos homens.

Remuneração

A remuneração inicial para o cargo de técnico bancário que, como vimos, tem como requisito o ensino médio completo é de R$ 2.932,32 por mês.

Nesse valor já está incluso o vencimento base de R$ 2.025,00, auxílio alimentação no valor de R$ 509,96 e ainda a cesta alimentação no valor de R$ 397,36 por mês.

Lembrando que o cargo exige uma carga horária semanal de 40 horas.

Sobre a Prova

A avaliação no concurso da Caixa Econômica Federal é feito com questões objetivas e questões discursivas. As questões objetivas abrangem os seguintes temas:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Matemática
  • Noções de Direito
  • Responsabilidade Social e Empresarial

A prova discursiva por sua vez é composta por duas questões, como o nome indica, discursivas, de no mínimo 20 linhas cada uma e com temas específicos e relacionados com o cargo pretendido.

Para se preparar é indicado que os candidatos estudem por apostilas e tenham como base os concursos realizados anteriormente para ter noção do nível de dificuldade.

Se você também gostou do nosso artigo e conhece alguém que precisa dessas informações não hesite em partilhar o artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *